11.1.06

NÃO DAR CAVACO AO PASSADO!

Hoje deixo-vos aqui um excerto do "Artigo de Opinião" escrito pelo meu amigo Pedro Daniel (e se o rapaz escreve bem!!!), que infelizmente não foi publicado no Jornal "O Sorraia", mas que ele teve a gentileza de partilhar comigo!

Está francamente bom, por isso apesar de longo tenham um pouco de paciência e leiam até ao fim, vale a pena! ;)
Pode até ajudar às vossas escolhas...


"Amnésia colectiva e esquerda dividida levam o português a…
NÃO DAR CAVACO AO PASSADO!

Alguém tem saudades do Cavaquismo?
Pelos vistos sim! As sondagens são explícitas, Aníbal Cavaco Silva habilita-se a ganhar as eleições presidenciais logo na primeira volta.
Que nós portugueses mudávamos rapidamente de opinião em relação aos treinadores de futebol eu já sabia, agora em relação aos políticos não fazia a mínima ideia, por isso fico algo atordoado com os números das sondagens, que colocam um dos ex-chefes de governo mais contestados de sempre, à beira de uma vitória estrondosa.

É a amnésia colectiva a funcionar e a esquerda portuguesa a baralhar!

Como nos podemos esquecer do autoritarismo dos governos de Cavaco Silva?
Como podemos ignorar a falta de capacidade de diálogo do então primeiro-ministro, quando são os próprios ex-colegas de executivo que denunciam isso mesmo?
Estou enganado ou uma das principais responsabilidades de um Presidente da República é ser uma força dialogante dentro e fora de Portugal?
Já ninguém se lembra das gigantescas manifestações estudantis rotuladas de serem filhas de uma geração rasca?
Será que rasca não é a geração de políticos que tem conduzido Portugal nas últimas décadas e nada tem feito para elevar o nosso nível de vida, pelo menos para patamares mais próximos dos restantes parceiros da União Europeia (U.E.)?
E os tristes episódios da Ponte 25 de Abril?!
E a corrupção? E o clientelismo? E os fundos comunitários desaproveitados?

No final da década de oitenta e no princípio da de noventa, chovia dinheiro no nosso país, era a torneira da então amiga CEE totalmente aberta, inundando os bolsos de alguns, em prejuízo do interesse nacional e em benefício de uma elite próxima do poder!
A total incapacidade de gerir os fundos da comunidade europeia destinados à modernização de Portugal foi gritante! A prova daquilo que digo é a grave crise que Portugal atravessa e que parece nunca mais ter fim, o cinto não pára de apertar, indiciando que muita coisa foi mal feita no passado!

Nesses anos de cinto folgado, era chefe de governo o Professor Aníbal Cavaco Silva, curiosamente o mesmo homem que agora se apresenta como o milagreiro que vai tirar o país da crise… alguém acredita nisto?
Eu acredito! E Passo a explicar porquê? Ora bem, se foi ele uns dos responsáveis por termos chegado onde chegámos, pode ser que ele saiba o caminho de volta, pode ser que ele saiba onde param os milhões da CEE que se destinavam a tornarmo-nos competitivos, de modo a podermos ombrear com os restantes membros da U.E.
Se ele não souber eu mesmo o posso ajudar, basta falar com alguns vendedores de jipes e de casas de luxo, com certeza vão recordar esses tempos com nostalgia, como uma época de vacas gordas.


A esquerda portuguesa também não sai ilibada de todo este processo de glorificação e quase beatificação de Cavaco Silva!
O eleitorado de centro esquerda vai às urnas desnorteado e indeciso, face à campanha realizada pelos candidatos desse quadrante político, inúmeras vezes gladiando-se entres eles, esquecendo-se do adversário da direita. O apogeu deste cenário quase canibalesco atinge-se com os ataques constantes de Alegre a Soares… para alegria de Cavaco.

O Partido Socialista (PS) tem para si a maior quota de responsabilidade, caso as eleições sejam logo decididas à primeira volta a favor do candidato da direita, já que internamente não conseguiu encontrar a figura certa, um nome que gerasse consenso e consequentemente pudesse apresentar uma candidatura verdadeiramente forte e coesa.
As cúpulas do PS não tiveram a astúcia necessária para segurar Manuel Alegre, sabendo-se que o deputado-escritor ainda estava “ressacado” da derrota que sofreu na disputa da liderança do partido, era obrigatório puxar Alegre para os centros de decisão, fazê-lo sentir-se responsável pela escolha do nome para a corrida a Belém. Mas nada disso aconteceu, o Coimbrão foi posto à margem e deu no que deu!
...
E Mário Soares foi a melhor escolha que o PS poderia ter feito?
Não! Em primeiro lugar porque, o nome parece-me ter sido escolhido por meia dúzia de iluminados, que se julgam donos da verdade e têm dificuldade em aceitar opiniões divergentes. Em segundo lugar porque, a opção Soares não trás nada de novo às expectativas dos portugueses, cheira demasiadamente a passado… cheira a passividade, cheira a uma presidência vocacionada para as viagens à volta do mundo, isto numa altura em que os eleitores esperam e desesperam sim, mas por alguém que lhes prometa, mesmo sabendo que é mentira, uma solução mágica para tirar o país da crise.
Por último, facilmente se encontram outros nomes que poderiam ter mais transversalidade de apoios, António Vitorino e Jorge Coelho são dois bons exemplos.
...
Por último, o candidato da direita, Cavaco Silva tem feito a campanha que se lhe esperava, evita o choque frontal com os adversários, tenta transmitir uma imagem supra partidária e tem consigo uma excelente equipa de publicitários, bem como uma máquina de campanha bem oleada e bem paga com certeza.

Pedro Orvalho"

31 Comments:

Blogger naoseiquenome usar said...

:) eu acho que vai ser engraçado termos dois primeiros-ministros...

Um beijo

quinta-feira, janeiro 12, 2006 12:27:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Milay, embora tu me conheças muito bem, como Coruche inteira, e eu te conheça também muito bem, tal como a toda a gente em Coruche, quero-te dizer, estas breves palavras:
- Já não vivo em Coruche, e longe da minha terra,costumo aceder ao teu blog, pois sinceramente acho-o divertido, despretencioso e pedagógicamente correcto.
Exalta os bons valores da moralidade, costumes e tradição.
Por isso tudo, e algo mais, gostava que prestasses atenção ao permitires que a política entre de forma abrupta no teu blog.
A imparcialidade e neutralidade tem sido valiosa no teu blog, continua...
Por muito bem que o Orvalho escreva sobre política, continuo a a achar mais interessante os artigos sobre paternidade, maternidade,a amizade, o bem, etc, etc...Força, continua, estás a fazer um excelente trabalho, o teu blog é uma brisa fresca em tanta porcaria que há na net...

ass:

the rocker

quinta-feira, janeiro 12, 2006 12:33:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Pois eu discordo do amigo aqui de cima. Imparcialidade e neutralidade não equivalam a calar opiniões. Isto não é um jornal, onde concerteza tudo isto faz sentido, é um espaço onde pode caber de tudo um pouco, desde que assim entenda a dona.

Portanto, continue, sim senhora, mas não se coiba de trazer assuntos políticos para aqui sempre que isso lhe aprouver. As vozes discordantes terão todo um espaço de comentários para fazer o contrapeso

quinta-feira, janeiro 12, 2006 1:58:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Eu acho que o Srº Acessor do Presidente da Câmara Municipal de Coruche está raso.

Cortez

quinta-feira, janeiro 12, 2006 3:05:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Oh Milay! Francamente... que tu estejas com o camarada Alegre eu até compreendo... agora apagares a parte em que eu falo do homem... não me parece bem! Beijo

quinta-feira, janeiro 12, 2006 3:17:00 da tarde  
Blogger blue kite said...

Troca de galhardetes à parte, e apesar de nunca ter lido o Sorraia (penitencio-me por isso e a distância geográfica não me desculpabiliza), acho que quem tem o poder de inclusão ou não de artigos de OPINIÃO lá no jornal devia rever os seus critérios. Mas é só uma opinião, porque quem manda tem o poder último.
Sobre este blog, parece-me que os usufrutuários dos blog (a propriedade deve ser da Blogspot, mas isso também interessa pouco) têm o direito de nele incluírem o que acharem por bem. A isso chama-se direito de expressão. Direito esse basilar de uma democracia, na qual julgo que ainda vivemos. E isto vale para nele se incluirem todas as matérias que se queiram. Quem não gosta do que lê, ou até do que possa eventualmente ser uma mudança de linha editorial, deve procurar noutros espaços com que melhor se identifique. Isto apesar de ser anónimo...

quinta-feira, janeiro 12, 2006 6:46:00 da tarde  
Blogger River said...

A querida Blue-Kite trouxe praticamente as palvars todas, lá das margens do Mondego...

Acrescento apenas isto:
Sou “viciada” na blogoesfera à muito tempo, só agora resolvi “meter-me” nisto, porque surgiu alguma (ainda, pouca) disponibilidade física e mental para o fazer, que tem a ver com a minha vida familiar (e os meus amigos pessoais sabem do que falo).

Ora, na blogoesfera eu frequento os cantos de política, de futebol, de humor, de sexo, de poesia, sobre esta ou aquela margem, etc., etc… Enfim, sobre várias áreas que me INTERESSAM.
Era pois para mim impossível criar esta “tasca” somente vocacionada para um tema ou área, porque eu própria sou interessada e atenta a variadíssimos assuntos!
Além de que acho a variedade muito mais interessante ;)

De resto, toda a gente é livre de aqui comentar e opinar como muito bem entender, o prazer será todo meu, em vos receber! 

E caro Pedro, sendo a Tasca minha, permite-me deixar cá o que me apetecer, boa ;o)
Como já falámos, a nossa amizade está acima da política e do futebol!!!
Porque Amizade sentido assim mesmo…

Um xi-coração para todos! É uma honra ter-vos por aqui (isso sim, é que faz todo o sentido… ;))

PS. E já agora, adorava saber quem são os anónimos… mas obviamente cada um “passeia” por aqui ou por outro lado qualquer, como quer!
Sabem o meu lema de vida não é?... “Viver e Deixar Viver!”

quinta-feira, janeiro 12, 2006 8:47:00 da tarde  
Blogger T-Rex said...

Entre um caduco e um desertor na guerra colonial que se juntou aos "turras" para matar portugueses... Cavaco ganha na boa!

quinta-feira, janeiro 12, 2006 10:52:00 da tarde  
Blogger River said...

Pois é T, na boa para ele e mais uns quantos capitalistas e banqueiros :)))

Mas como dizia o poeta, "o sonho comanda a vida", se zé-povinho deste país acha que vai ganhar alguma coisa com isso... deixa-o sonhar!!! :D

Qto à "guerra colonial", tb eu desertava! Ora essa! Sujeiro a levar um tiro por uma guerra que "não me pertencia" é que ñ ficava de certeza!!! Pq como qq guerra foi estúpida! E quem a comandava estava c/ o rabinho em casa descansado!

sexta-feira, janeiro 13, 2006 12:00:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

pois é,Blue Kite, anónimos todos somos pois a única coisa que sei de ti, é que és de Coimbra, assim nesse caso também tu sabes que eu sou de Coruche, mas que por acaso já vivi em Coimbra.
Mas se preferires terei todo o gosto em quebrar a minha confidencialidade se assim tu o fizeres.
Depois , poderemos entâo debater essa tua definição de democracia, entre outras coisas.
O Blog é de quem é, e com todo o mérito, apenas dei uma sugestão,pois conheço a dona, simpatizo com ela e gosto do blog, mas não te reconheço a ti, por enquanto, capacidades para me dares lições sobre democracia.

Ass:
The Rocker

sexta-feira, janeiro 13, 2006 1:49:00 da tarde  
Blogger T-Rex said...

Pois é River, desertar é uma coisa, juntar-se ao "inimigo" e AJUDAR A MATAR!!! compatriotas são situações bem diferentes. Esse democrata-poeta ou poeta-democrata (nem ele parece saber o que é realmente) podia ter morto nessa guerra o meu pai ou um dos meus tios, sabes?

E olha que eles também não pediram para ir para lá, e concerteza gostariam de poder ficar "em casa com o rabinho descansado" (e o coiro a salvo!) como dizes.

E depois há que dizê-los com frontalidade: A guerra colonial não foi numa ilha! Seria possível desertar para paragens longínquas, aliás como MUITOS fizeram...

sexta-feira, janeiro 13, 2006 2:52:00 da tarde  
Blogger River said...

Caro T,
Porque apoio Manuel Alegre? (como diz Rui Zink), Antes de mais, porque é um direito que me assiste. Ninguém é obrigado a partilhar com o vizinho as suas opções de voto, mas em democracia (ou, melhor, em não-ditadura) podemos pensar alto. E pelo menos neste canto posso, e penso!
Depois digo-te que, Manuel Alegre não desertou da guerra, antes foi preso pela Pide, que o recambiou para Lisboa, para ser julgado pelos tribunais do fascismo. No entanto, antes que
isso acontecesse, Manuel Alegre conseguiu fugir para fora do país, e esteve exilado durante 10 anos em Argel, (a história é basicamente esta: Em 1962 é mobilizado para Angola, onde dirige uma tentativa pioneira de revolta militar. É preso pela PIDE em Luanda, em 1963, durante 6 meses. Colocado com residência fixa em Coimbra, acaba por passar à clandestinidade e sair para o exílio em 1964.
Passa dez anos exilado em Argel, onde é dirigente da Frente Patriótica de Libertação Nacional. Aos microfones da emissora A Voz da Liberdade, a sua voz converte-se num símbolo de resistência e liberdade. “)
Permite-me ainda dizer-te que todos os que foram para o Ultramar iam defender um Império Fascista. Ou seja, achas errado recusar a participação numa guerra que tenta submeter os outros a um poder estrangeiro? Que eu saiba, Africa sempre foi dos Africanos e se os Europeus ficaram por lá tantos anos foi porque submeteram os Africanos à escravatura, impuseram-se pela força e impediram o seu desenvolvimento como civilização!
E se o 25 de Abril se deu foi devido à insatisfação dos militares, cansados de morrer longe de casa, cansados de lutar contra povos que tinham direito à sua independência. (A não ser que consideres que Portugal devia ter lutado até à exaustão para ficar com o seu império, que os povos de Moçambique, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Guiné-Bissau não deveriam ter direito à sua independência?!)
Lembro-te ainda que discordar da guerra no Ultramar, ter ideias políticos diferentes, desertar, daria direito a estadia prolongada no Tarrafal. (Não sei se já visitaste o lugar, mas era bom que fosses lá,...só mesmo para imaginar.)
E TAMBÉM o meu Pai poderia não estar hoje comigo se tivesse levado um tiro em Moçambique, onde esteve tantos anos, porque foi obrigado a isso! Porque não conseguiu fugir!
Como quase todos fariam, se pudessem de certeza!
(De qq modo, o meu pai não se livrou de um dias na prisão pelas lutas de trabalhadores)
O único "problema" que vejo a Manuel Alegre é o exagero de vitalização. Mas, ainda assim, tem alguma razão. O que o PS fez com ele não se faz. (Eu, pessoalmente, continuo a achar que é uma manobra do Engº. Sócrates, mas isso são outras histórias!).
Duma coisa tenho a certeza: Manuel Alegre continua a ser uma voz incómoda na política!

Mas caro T: “Peace & Love”

sexta-feira, janeiro 13, 2006 9:04:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caro Pedro com os adversarios que ele tem...tambem eu evitava o choque frontal ou outro qualquer...seria desnecessario....o tipo está no seu direito!!!

sexta-feira, janeiro 13, 2006 10:40:00 da tarde  
Blogger T-Rex said...

Minha cara River não "cegues" na defesa do homem-poeta...

Para estas coisas também é necessário ter cabeça limpa e não ver bruxas onde elas não existem...

EU NUNCA QUESTIONEI (como pareces sugerir)O PORQUÊ DE APOIARES O SENHOR!!!!!

Sabes porquê? Porque não tenho nada a ver com isso! És livre (tal como eu e todos os outros portugueses) de escolher, apoiar, criticar quem quiseres.

Em relação ao passado do poeta, muito se escreveu e muito ficou por escrever, mas acredito mais nos relatos do ex-combatentes (entre os quais o meu pai e os meus tios, o meu sogro, etc) do que no que "vem nos livros".
Cada qual acredita no que quer e por vezes no que mais lhe convém...

Em relação ao Tarrafal, sim já tive a oportunidade de conhecer, porque sou realmente um apaixonado por "lugares" e também pela História de Portugal. Recomendo a todos uma visita a Cabo Verde, mas não se convençam de que vão para as Caraíbas...

Bjs e... stay cool!

sábado, janeiro 14, 2006 12:17:00 da tarde  
Blogger River said...

Caríssimo T,

"cegar" em defesa de ideías, nunca!!!
SEI VIVER EM LIBERDADE, na minha e na dos outros!

Depois, cabeça limpa garaças a Deus mantenho-a, e espero que até morrer... Em bruxas não acredito! ;)

Como já te disse tb o meu Pai lá esteve, forçado como tantos outros, e tb nele eu acredito... Se a ti te "convem" acreditares em alguém é tb um direito que te assiste... ;)

Exactamente pela diferença que tem das Caraíbas é que Cabo Verde é fascinente... de acordo! :D

Cool eu??!!!... sempre!!!

beijinhos. bom fds!

sábado, janeiro 14, 2006 6:13:00 da tarde  
Blogger River said...

T, desculpa os erros nas palavras, mas escrevi mt à pressa! :)

sábado, janeiro 14, 2006 6:15:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Muito bem, River, gosto da forma enfática como defendes o poeta Manuel Alegre, os combatentes do Ultramar(?), o socialismo, os direitos humanos, blá, blá, blá,blá....
Mas gostaria dizer-te uma coisa, o meu tio foi para o Ultramar, Pára-caçador, com 17 anos e sempre defendeu a nação, enquanto outros como tu afirmaste, faziam tudo para fugir, esquecendo-se dos camaradas e Portugueses no teatro de guerra...
Já agora , também me podias explicar porque foi Cabinda dada aos Angolanos, se era apenas um protectorado português e não fazia parte de Angola...
Já agora, também me podias explicar o que é isso da maçonaria branca e preta...
Já agora também me podias explicar, e acerca do artigo que estamos a comentar, se o autor não tem telhados de vidro...
Já agora também me podias explicar, qual é a diferença entre essa ditadura do estado novo e a democracia existente, no qual o dinheiro, o compadrio e o clientelismo são as ferramentas desses neo-ditadores...
E por fim, já agora também me podias explicar, porque falas tanto em maternidade no teu blog,e bem, mas quando falas em paternidade, só o nome do teu pai aparece, as tuas filhas não têm pai, ou será que tens sentimentos de culpa, devido a algo que eu não sei....

Bjs

The Rocker

segunda-feira, janeiro 16, 2006 1:04:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Quando escrevo um texto/artigo um dos meus objectivos é provocar o leitor. Fico extremamente contente quando vejo 18 comentários ao meu texto. Não sou o dono da verdade, nem quero ser e muitas vezes conseguem fazer-me mudar de opinião. Ainda assim tenho a certeza que tenho ideias próprias e por isso gosto de as partilhar. Um abraço!

segunda-feira, janeiro 16, 2006 2:54:00 da tarde  
Blogger River said...

Caro Anónimo-Rocker,
Quanto à “defesa da nação” como dizes, imposta certamente, tb o meu pai lá esteve como referi, mas só pq não teve alternativa, provavelmente tb o teu tio fugia se pudesse, ou não me digas que ele foi para a guerra “cheio de vontade”?!?!!!!
Todas as outras “explicações” que pedes… têm paciência! Mas aqui neste cantinho falo do que me apetecer, e sobre isso não me apetece! Tão simples qto isso!
Por fim, as minhas filhas graças a Deus têm pai que mt as ama, tal como elas a ele.
De resto, não reconheço qualquer “dever” em explicar o que quer que seja sobre a minha vida privada! Mt menos a alguém que não sei quem é!
E reforço: aqui digo/escrevo o que mt bem me apetecer! Tal como acontece em todos os blogues!
Percebo a sua curiosidade, mas visto que me conhece, pq não faz todas as perguntas pessoalmente? ;)
Fique bem e volte sempre! (se vier por bem! ;))

Pedro Daniel,
Eu bem te disse para criares um blog! ;)
bjs

segunda-feira, janeiro 16, 2006 3:23:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Deparo-me por vezes com uma ignorância profunda representada em palavras que muito espaço ocupam mas de conteudo não tem nada. Será que esse senhor que assina como Rocker não percebeu que com tanta pergunta ele deveria parar pa ser ele a reponder ás suas próprias perguntas e não questionar tanto ao ponto de ser mesquinho, mal formado e inconveniente. Eu se tivesse um perfil tão mediocre ficava no meu cantinho a tentar resolver a tão grande falta de caracter e tentava ser um ser humano um bocadinho mais valioso. Smile

segunda-feira, janeiro 16, 2006 4:43:00 da tarde  
Blogger River said...

AAh ganda Smile!!! ;)
Minha maiga mais "soltinha"!!! :)

Só tu sabes o k eu gosto de ti...

segunda-feira, janeiro 16, 2006 9:10:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Parabéns pelo Blog e continua, como vês,isto é o que dá a política...
Parabéns ao Orvalho pelo seu ensaio político e parabéns ao teu blog e aos últimos artigos....

" res non verba"

Milay, quando tiver contigo, digo-te quem eu sou,só a ti, e depois podes dizer a essas tuas amigas anónimas, o que é a VIDA..,
para mim " a vida é as férias que a morte nos quer dar", pois já aprendi o suficiente, aliás quanto á minha confidencialidade se fizeres um esforço grande, saberás quem eu sou..
Não te quis ferir susceptibilidades, e se o fiz, peço desculpa...
Força, Milay,força Coruchenses que como nós, ao longe da nossa terra mãe, continuamos a preocupar-se uns com os outros e com Coruche...
Só não achei justo, por gostar do teu blog, aparecer a política, factor de desunião num blog tãu humanista como o teu, mas o.k., o blog é teu, força
Tchau!!

terça-feira, janeiro 17, 2006 10:48:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

O Sr. Rocker é o Sr. Kafka, ou seja, o dono do Blog ERRO KAFKIANO! Já calculava que devia ser alguém com graves problemas em se aceitar a si próprio! Ou seja... alguém simplesmente feio! E provavelmente frustrado!

terça-feira, janeiro 17, 2006 2:16:00 da tarde  
Blogger r.kafkiano said...

Olá a todos...
Quero desejar as maiores felicidades á RIVER na sua recuperação do percalço, tudo de bom para si e para as suas filhas.

Em relação ao post anterior que me atribuia os post assinados pelo Rocker, venho desmentir categoricamente essa situação. Quem me conhece sabe muito bem que as minhas posições são na sua maioria contrárias ás defendidas pelo Rocker.
Para quem escreveu o post, esteja descansado não sou frustado, não tenho problemas em me aceitar e ok!! talvez seja um pouco feio ;) de qualquer modo obrigado pela preocupação.

Já agora, vá ler Kafka bem precisa...

terça-feira, janeiro 17, 2006 4:45:00 da tarde  
Blogger River said...

a TODOS sem excepção, essencialmente agradeco-vos a visita! Mai nada!

Depois, cada um pensa e expressa-se como quer desde que a "sua liberdade ñ interfira na do próximo"!
Já sabem o meu lema: Viver e deixar Viver!!!

Não digo que ñ voltareia aqui a falar de política, pq é impossivél.
Mas digo que gostav de ver este "empolgamento" noutros temas, isso sim!

Beijos a todos! PEACE & LOVE!
voltem sempre! ;)
Cá estarei para vos receber sp com a mesma alegria!

terça-feira, janeiro 17, 2006 7:18:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

ponto nº1
Não sou kafka, nem sei quem é esse senhor
ponto nº2
River;
já espressei as minhas desculpas, e podes contar comigo, para o engrandecimento do teu blog, principalmente em áreas em que não sejam sobre política
ponto nº 3
Quanto ao ser feio e frustrado, não projectem para cima dos outros os vossos recalcamentos
ponto nº4
River,
fico contente, que tudo tenha corrido pelo melhor no acidente que tiveste em Montemor,
eu também por experiência própria sei que nessas e noutras situações, que existe, um milésimo de segundo em que estamos nas mãos de Deus.
ponto nº4

Abraços,bjs
e soluções para o nosso país, para os nossos jovens,para os nossos idosos e para o"levantai hoje de novo o esplendor de Portugal" e não para o lavar de roupa suja...
Tchau

The Rocker

quarta-feira, janeiro 18, 2006 1:46:00 da tarde  
Blogger River said...

Caro "Rocker",
Antes de mais, gostava mesmo era de saber QUEM ÉS!!! ;)

Depois obrigado, e volta sempre!
Beijinhos

PS. o acidente foi perto de Santana do Mato

quarta-feira, janeiro 18, 2006 1:47:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

River,
peço imensa desculpa,
mas este vai ser o último comentário que aqui escreverei, mas de qualquer forma serei um navegador interessado no teu blog,pois este transmite-me mt calma e sentido positivo...
Aliás, agora que também já não és tão descrente em Deus e ainda bem,mais me identificarei contigo...
Quanto a quem sou, já não estou em Coruche há 6 anos, e passei a vida a vaguear trabalhando por muitas paisagens e sítios, com gente com outra mentalidade e costumes, o que me fez ainda ser mais apaixonado por Coruche, Portugal e pelos portugueses...
Este desentendimento no blog, não foi contigo, e admito que fui desadequado em relação a um ponto, ficando só a chamada de atenção, não de forma destrutiva mas sim construtiva e o facto é que este artigo leva cerca de 28 comentários...
Ficaria sim contente se sobre um artigo,como aquele que editaste de Kahlil Gibram, sobre os filhos e a sua educação tivesse, este sim, 200 comentários...
Percebes, então, porque a política, ás vezes me causa um pouco de desacreditação, desilusão e aversão,não pela ciência mas pelas pessoas...
O páis precisa de pessoas de exemplo, pois essa é a melhor forma de influenciar as pessoas...
A minha área profissional tem a ver em certos aspectos com a juventude, em todos os parâmetros, por isso pelos nossos filhos, sobrinhos,etc, sinto-me preocupado, ainda mais quando sei que a maioiria dos pais,não tem tempo para eles,nem na palavra, nem no afecto...!
E somos nós, oque tempos a responsabilidade de os encaminharmos...

...e mais poderia ser revelado...
Tchau,
tudo de bom pa ti e para os teus..

Ass:
The Rocker

quarta-feira, janeiro 18, 2006 2:43:00 da tarde  
Blogger River said...

Por último também, Caro Rocker:
Como já lhe disse, volte sempre e comente à vontade o que lhe apetecer!
Por aqui, desde que ñ se ofenda ninguém, todos os contributos são válidos!

bjs, tb td de bom pra si e os seus!

quarta-feira, janeiro 18, 2006 7:08:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Looking for information and found it at this great site... » » »

sexta-feira, fevereiro 02, 2007 11:53:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! » »

domingo, março 04, 2007 11:42:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

  • Cenas de Sissi
  • Blue-Kite
  • A Pipoca Mais Doce
  • ATIPICO
  • Chuva,Frio,Calores...
  • Controversa Maresia
  • Espero bem que não-Alvim
  • Navegante da Rua
  • Noite Estrelada
  • No Reino de Carlota Joaquina
  • Palavras Soltas (da Joaninha)
  • Papoila
  • Prova Oral
  • A vida da Silver dava um Blog
  • Barbos e Bordalos
  • Cruxices
  • Da varanda do D'Artagnan
  • El Coruchero
  • Espaço Clean (Peter Danny)
  • Estórias do Fogareiro
  • Lurainbow
  • Matilha (querida)
  • Passado,Presente e Futuro
  • Ao Sul
  • Blogging After Dark
  • Blogo-Terapia da Rita
  • Bubblebath
  • Churrascos & Comentários
  • H2O
  • Isto Vai de Mal a Pior
  • Pandora's Box
  • Seamoon
  • Straight from Xana's Heart