23.12.06

24 de Dezembro:



Esta é só uma noite para partilhar
Qualquer coisa que ainda podemos guardar cá dentro
Um lugar a salvo para onde correr
Quando nada bate certo
E se fica a céu aberto
Sem saber o que fazer
Esta é uma noite pra comemorar
Qualquer coisa que ainda podemos salvar do tempo
Um lugar pra nós onde demorar
Quando nada faz sentido
E se fica mais perdido
E se anseia pelo abraço de um amigo

Esta é só uma noite para me vingar
Do que a vida foi fazendo sem nos avisar
Foi-se acumulando em fotografias
Em distâncias e saudade
Numa dor que nunca cabe
E faz transbordar os dias
Esta é uma noite para me lembrar
Que há qualquer coisa infinita como o firmamento
Um sorriso, um abraço
Que transcende o tempo
E ter medo como dantes
De acordar a meio da noite
A precisar de um regaço

(Mafalda Veiga)
Porque não sou "fan" do Natal mas entendo a magia da época, estas são as palavras que vos deixo esta noite e que melhor transmitem o que sinto! Sejam felizes se faz favor! :)

3 Comments:

Blogger lurainbow said...

Podes achar que não tens para onde ir o que fazer,mas sabes bem quem és aqui neste mundo tão grande e frio.
Mas ha qualquer coisa em ti que te faz crer , crer ser alguem, crer ser alguem.

E a VIDA não vai parar, vai como o vento tens tudo a dar não percas tempo , PODES SABER QUE VAIS CHEGAR ONDE DEUS TE LEVAR...

As vezes é tão dificil de acreditar em um DEUS assim,
será que ele se vai lembrar sera que vai,será que sim?
mas há qualquer coisa em mim que me faz crer , ACREDITAR ACREDITAR...

Feliz 2007... este é um cantico que cantamos no meu grupinho de jovens , de uma força enorme o toque da viola, o som das vozes que entoa quase como um grito de socorro ou de alerta :) o rufo do jambé . Enfim nós acreditamos muito e quase que sentimos que ele esta ali conosco ou melhor ele está :)
Que te guarde e guie a ti e as tuas filhotas tambem
ACREDITAR em 2007

quarta-feira, dezembro 27, 2006 12:26:00 da manhã  
Anonymous marta said...

Um poema muito bonito...
"E ter medo como dantes
De acordar a meio da noite
A precisar de um regaço"
Esse medo é tão grande que me faz questionar muitas coisas.

quarta-feira, dezembro 27, 2006 1:05:00 da manhã  
Blogger blue kite said...

pois para mim o natal não faz o mínimo sentido. O dito natal devia ser todos os dias, ou melhor, nenhum dia.

Bj

P.S: Mas se o natal existe para eu ver um sapo no meio da cabeça do pai natal, já valeu a pena.

quinta-feira, dezembro 28, 2006 9:54:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

  • Cenas de Sissi
  • Blue-Kite
  • A Pipoca Mais Doce
  • ATIPICO
  • Chuva,Frio,Calores...
  • Controversa Maresia
  • Espero bem que não-Alvim
  • Navegante da Rua
  • Noite Estrelada
  • No Reino de Carlota Joaquina
  • Palavras Soltas (da Joaninha)
  • Papoila
  • Prova Oral
  • A vida da Silver dava um Blog
  • Barbos e Bordalos
  • Cruxices
  • Da varanda do D'Artagnan
  • El Coruchero
  • Espaço Clean (Peter Danny)
  • Estórias do Fogareiro
  • Lurainbow
  • Matilha (querida)
  • Passado,Presente e Futuro
  • Ao Sul
  • Blogging After Dark
  • Blogo-Terapia da Rita
  • Bubblebath
  • Churrascos & Comentários
  • H2O
  • Isto Vai de Mal a Pior
  • Pandora's Box
  • Seamoon
  • Straight from Xana's Heart