31.1.06

E vocês, que fariam?

Uma das principais marcas de comida para cão da Nova Zelândia ofereceu 42 toneladas de alimento para animais ao Quénia, onde a fome está a vitimar milhões de crianças.
O governo de Nairobi recusou receber a doação, alegando:«por nenhuma razão se pode permitir alimentar pessoas com comida para cães».

A proprietária da empresa doadora respondeu que o alimento em causa é muito nutriente, tem um sabor agradável, e ela própria come os biscoitos todas as manhãs. A quantidade oferecida, afirma, poderia alimentar 160 crianças durante dois meses.

Actualmente, no Quénia, 60% dos 33 milhões de habitantes vivem com menos de um dólar por dia. Quase 4 milhões de pessoas estão a viver em situação de fome, devido à escassez de alimentos no país.

Ao mesmo tempo, o governo está envolvido numa série de escândalos relativos a desperdícios e corrupção. Pelo que esta terça-feira, o Banco Mundial decidiu suspender um financiamento de 215 milhões de euros para aguardar iniciativas concretas do governo queniano contra a corrupção.
(notícia completa no Diário Diagital)


(tive alguma dificuldade em seleccionar uma foto para colocar aqui, porque tenho várias, até por razões profissionais, mas se por um lado quero "abanar" consciências, por outro são todas tão agonizantes… e eu tenho a “mania” de fazer disto um lugar bonito…)

Permitam-me interrogar-vos, que fariam vocês se governassem o Quénia, a Etiópia, a Somália, o Sudão, o Uganda, o Malawi, o Zimbabwee, a Zâmbia, ou mesmo Angola ou Moçambique??!!!....

Imaginem que eram governantes de um destes países, devastados por secas e cheias, mas sobretudo por guerras civis, onde milhões de mulheres, homens e crianças enfrentam o flagelo da fome. E num continente onde as perspectivas de desenvolvimento são pouco animadoras…
Já imaginaram?... (se é que tal é possível…)
Perante uma doação destas, a vossa ética permitia-vos ou não, dar biscoitos de cão a quem NADA tem para comer??....

Eu, meus caros, por mais ascorosas que as minhas palavras possam parecer, ACEITARIA sem hesitar! E não duvido nem por um minuto da gratidão sentida por quem comesse os biscoitos!
Porque ética para mim é “dar a quem precisa” , é ser solidário e altruísta, é ter atitude de apoio, protecção e cuidado com alguém!
É ter a clareza de que precisamos modificar algumas posturas pessoais, às vezes preconceituosas, e nos tornarmos disponíveis para enfrentar qualquer dificuldade, no auxilio ao próximo.

É ter espírito cívivo e respeito pelos outros (sem dúvida!) …
Mas haverá respeito maior por alguém, do que matar a fome a quem está condenado a morrer por ela?... Não me parece.

9 Comments:

Blogger xanocas said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

terça-feira, janeiro 31, 2006 9:46:00 da tarde  
Blogger JCostaPereira said...

...Já me puseste a pensar !
Um bj.

terça-feira, janeiro 31, 2006 9:49:00 da tarde  
Blogger xanocas said...

Cara River,
Permite-me comentar, com uma frase feita...
Quem dá o que tem, a mais não é obrigado!!!!

Numa primeira leitura, achei demasiado arrogante da parte dessa empresa, doar comida para animais, quando se trata de pessoas, mas... Numa segunda análise?!?!?!?...
Bem... Trata-se basicanmente de biscoitos à base de carne seca, ou desidratada, se preferirmos, pelo que não resisti a perguntar a mim própria: Mas nós não comemos isso mesmo nos tortelini e outras "iguarias" que expõem os seus ingredientes como "extractos de carne desidratada"?... Ou nas tão tão famosas batatas fritas "Pringles" que são tudo menos batata, mas sim "extracto de batata desidratada" (e que contêm, entre outras porcarias começadas por "E", o antioxidante xpto, os corantes y, os conservantes não sei o quê e o raio que parta que se formos a analisar bem, são só porcarias declaradamente cancerigenas que nós consumimos de bom grado e sem nos questionarmos na sua qualidade, ou falta dela)???????????

Se calhar, e bem vistas as coisas, a atitude não terá sido assim tão arrogante quanto pensei numa primeira análise... Até porque também não se viu nenhuma empresa de farinhas lácteas ou outros alimentos nutritivos para crianças (e não só), fazer doação semelhante, por isso repito:
Quem dá o que tem, a mais não é obrigado!

E se calhar o melhor mesmo é aproveitar.

Desculpem a frieza, mas depois de ter ouvido o testemunho de pessoas que me estão muito próximas, de como se vive no limiar da pobreza, em países como o Quénia, Angola, e já agora porque não crescentar também esse paraíso turistico asiatico que é o Sry Lanka, torna-se impossível acreditar que o governo queniano possa rejeitar essa ajuda... Caramba, é comida... E esle precisam e muito!

Beijos,
Xana :)

terça-feira, janeiro 31, 2006 9:56:00 da tarde  
Blogger T-Rex said...

Pois... é realmente uma situação delicada...

É um país com inúmeras dificuldades e como já foi referido pela responsável da empresa que ofereceu a "comida":
- A OFERTA FOI FEITA COMO SENDO UM COMPLEMENTO ALIMENTAR e não "simples biscoitos para cão".
(A própria diz que "COME DOS DITOS TODAS AS MANHÃS").

Não pondo em causa o gesto de boa vontade, de qualquer forma não deixo de me questionar:

- Será que a Nova Zelândia não tinha mais nada para oferecer??????

terça-feira, janeiro 31, 2006 10:43:00 da tarde  
Blogger River said...

Meus amigos, isto é MESMO uma questão complicada por um lado, e que dá que pensar por outro, como diz o JCPereira...

Mas, e repara Xanocas, a questão é que tu até tens opção decomer ou não essas porcarias todas que referiste... estamos a falar de quem não tem qq opção, aliás não tem NADA!
Nós, felizmente nem conseguimos imaginar o que definhar à fome até morrer... mas é disso que se trata bolas!

Depois, T, não foi a Nova Zelândia, foi uma empresária que o fez por iniciativa pp, não o governo do país! O que só por si me parece louvável, como diz a Xana, "quem dá o que tem..."

Concerteza, concordo ctg, a N.Z., tal como outros países ricos terão mt mais para oferecer, até outros empresários do ramo alimentar...
Infelizmente, não tenho, nem tu, nem ninguem, poderes para "obriga-los" a isso!

O que mais indigna, é a posição vinda de um governo altamente corrupto! Como quase todos, os destes países que sofrem do mesmo mal! É repugnante!

bjs... obg pela v/ opinião! :)

quarta-feira, fevereiro 01, 2006 1:03:00 da manhã  
Blogger xanocas said...

Como seria de esperar, deixei uma resposta para ti, lá em baixo... Sabes?... No post onde falas da placa 3G da optimus.

Beijos,
Xana :)

quarta-feira, fevereiro 01, 2006 2:11:00 da manhã  
Blogger Navegante da Rua said...

Olá a todos,

Pois, esta é deveras uma questão complicada. Numa primeira leitura tb achei a coisa um tanto ou quanto estraho. Mas quem é que oferece comida de cão para pessoas?? Mas depois pensei melhor e cheguei à conclusão de que a realidade nos obriga muitas a coisas estranhas.

Julgo que o governo se deve ter sentido ofendido, tendo por isso rejeitado a oferta, por duas razões:
1) aceitar comida de cão fere a dignidade das pessoas, sem dúvida
2) ser obrigado, por via das circunstâncias, a aceitar comida de cão é uma prova clara da incapacidade de um governo de se valer a si próprio e aos seus cidadão. Ao aceitar, estariam a colocar sobre si um rótulo, o de "incompetentes".

No entanto, colocando de lado todos os moralismo que a questão levanta, acho que não pode haver orgulho qd se trata da vida dos mulhares de pessoas que todos os dias morrem de fome.

Acho que isto tudo depende da perspectiva e de como a oferta é apresentada. Se se entender que é comida de cão, então não me espanta que tenha sido recusada. Afinal, qd a miséria é tanta, a única coisa que nos resta é muitas vezes a dignidade. Por outro lado, se entendermos que se trata de alimentos preparados para serem comidos por animais - mas que são alimentos - acho que a coisa muda de figura.

Estão em causa vidas e até eu já experimentei biscoitos de cão.

Agora que esta iniciativa devia envergonhar todos os governos que têm meio para ajudar e não o fazem, isso devia.

quarta-feira, fevereiro 01, 2006 1:22:00 da tarde  
Blogger River said...

Caríssiiiiiiiima Navegante, que bom ve-la por estas margens! :D

Concordo inteiramente ctg em relação aos pontos 1) e 2), principalmente neste último!

Agora, eu ñ vejo por esse lado das "prespectivas"... eles, crianças, homens, mulheres que MORREM de fome, te garanto que tb ñ veêm esse lado da coisa!
Acho mesmo com toda a convicção que dignidade para essa gente seria, será comer o que que que seja!...

Mas obviam/ entendo o que queres dizer...

beijinhos, mt! e vola pra outros passeios! :)

quarta-feira, fevereiro 01, 2006 10:22:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it 6side effects of levitra Samochody marki audi Columbus ohio handcrafted jewelry vicodin verses tylenol 3 Free videos girl on girl oral sex Vicodin http vicodin.buy vicodin.biz

quinta-feira, fevereiro 15, 2007 12:52:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

  • Cenas de Sissi
  • Blue-Kite
  • A Pipoca Mais Doce
  • ATIPICO
  • Chuva,Frio,Calores...
  • Controversa Maresia
  • Espero bem que não-Alvim
  • Navegante da Rua
  • Noite Estrelada
  • No Reino de Carlota Joaquina
  • Palavras Soltas (da Joaninha)
  • Papoila
  • Prova Oral
  • A vida da Silver dava um Blog
  • Barbos e Bordalos
  • Cruxices
  • Da varanda do D'Artagnan
  • El Coruchero
  • Espaço Clean (Peter Danny)
  • Estórias do Fogareiro
  • Lurainbow
  • Matilha (querida)
  • Passado,Presente e Futuro
  • Ao Sul
  • Blogging After Dark
  • Blogo-Terapia da Rita
  • Bubblebath
  • Churrascos & Comentários
  • H2O
  • Isto Vai de Mal a Pior
  • Pandora's Box
  • Seamoon
  • Straight from Xana's Heart