11.4.06

Quem morre...

" Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente quem destroi o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de marca, quem não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.

Morre lentamente quem evita uma paixão, quem quer o preto no branco e os pontos sobre os "is", em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, o sorriso dos bocejos, os corações dos tropeços e dos sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não permite pelo menos uma vêz na vida fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.

Morre lentamente quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, quem não pergunta sobre um assunto que desconhece, ou não responde quando o indagam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples acto de respirar.

Somente a preserverança fará que conquistemos um estágio explendido de felicidade."

Pablo Neruda


Até "assusta" de tão verdadeiro...!

11 Comments:

Blogger xanocas said...

Porque será que, recordando estas palavras, me sinto a morrer aos poucos???

terça-feira, abril 11, 2006 11:03:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A pior morte de todas é
a morte ôntica...
Agora não tenho tempo, pois cheguei ao trabalho, mas quando tiver oportunidade escreverei algo, sobre a morte ôntica e este excelente post de Pablo Neruda!

Bjs,

The Rocker

quarta-feira, abril 12, 2006 8:01:00 da manhã  
Blogger Silver said...

Morre lentamente ... quem tem medo. Bjinhes kida

quarta-feira, abril 12, 2006 8:48:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Antes demais, gostaria de dizer á Silver, que o medo é um dos maiores, dos mais úteis e dos mais poderosos sentimentos que um ser humano pode ter!
A questão está como é óbvio, quais as reações que o medo provoca em nós,
porventura a um cobarde o medo falo-á recuar, enquanto que a um corajoso,
dar-lhe-á força para conquistar mundos e fundos..
O medo apura-nos os sentidos,aumenta-nos a determinação e o instinto de sobrevivência...
De qualquer forma, poderei concordar consigo, se as pessoas fizerem o culto do medo, das fobias, e se no passado tenham tido experiências profundas e traumáticas com o medo como factor dominante, mas aí não é o medo que nos faz morrer, é sim das circunstâncias da altura e do meio envolvente...
Se perguntassem a D. Nuno Alvares Pereira se teve medo na Batalha de Aljubarrota, decerto que diria que sim,eram 1000 lusitanos contra 6000 espanhois,mas isso não o fez recuar,com o medo inventou a tática do quadrado e ganhou a indepêndencia de Portugal.
Se perguntar a um forcado quando vai para a cara de um touro se tem medo, se ele responder que não, mente!
Não é o medo que nos faz morrer, é a falta de alegria, a falta de rumo, a falta de amigos, a falta de esperança e fé, é as sucessivas comparações por quem está melhor que nós na vida, esquecendo-nos que existem milhões piores, é a inveja, a luxuria, etc, etc...
Afinal é tudo aquilo que Pablo escreveu e ainda mais um pouco,um pouco que cada pessoa tem dentro de si, pois ninguém morre da mesma maneira...
Morrer ônticamente, é precisamente isto e o que Pablo escreveu, estamos vivos fisicamente, mas só fisicamente, pois na vida nada faz sentido e nós também não queremos que faça....
Pior que a morte, é a espera da morte, e pessoas nesta condição, estão á espera delas todos os minutos, horas, dias, etc..,
pois a vida não lhe faz sentido.
Para acabar, dizem que antes de morrer o filme da nossa vida, passa-nos inteirinha em milésimos de segundo á nossa frente,
eu acredito, pois já passei por isso, sobrevivi, olhei para trás e reparei que no fundo eu andava na vida morto, morto ônticamente!!
Por isso, River, gand post,
A VIDA É AS FÉRIAS QUE A MORTE NOS QUER DAR, DIVIRTAM-SE.!!

bJS
tHE rOCKER

quarta-feira, abril 12, 2006 9:24:00 da manhã  
Anonymous sissi said...

Minha querida,
que post tão sorumbático...ainda assim há uma esperança contida nele que nos faz sorrir. Obrigada.
bjs mts.

quarta-feira, abril 12, 2006 10:55:00 da manhã  
Blogger SEAMOON said...

Bom então tá visto que vou é morrer depressa...lol

bjs

quarta-feira, abril 12, 2006 3:20:00 da tarde  
Blogger pandora said...

Grande Pablo Neruda! E fiquei contente porque a confiar nas sábias palavras dele, não estou a morrer... ai não estou não!

quarta-feira, abril 12, 2006 3:32:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

"Nós" não morremos (nem q a vaca tussa, lol), sabemos q depois da maré baixa sempre vem maré alta!

Boa Páscoa e bjs para ti e para as princesinhas do

p_string

quarta-feira, abril 12, 2006 5:49:00 da tarde  
Blogger River said...

Xanocas: QUE È LÀ ISSO???!!!! UP! up! up!!! Pra cima miuda! Vira a mesa se preciso for! Nem q seja necessário pedir ajuda pq ela é "pesada" demais!... Mas baixar os braços, nunca!!!

xi-coração

Silver, confesso q tenho "medo" de algumas coisas... e ainda bem, nem as desafio! :)
bjinhes!

Sissi love... Esperança sempre!!! SPOOOOOOOOOOOORTING!!! :)

Seamoon, para ti linda, o mesmo q disse hà Xanocas, boa?! ;)

Pandora amiga, Eu tb ñ estou a "morrer"... Antes, pelo contrário considero-me bem "Vivinha da Silva"!!! Certo é q como humana q sou, posso ao longo da vida morrer e renasçer, ou num mesmo dia ser feliz e infeliz!...

beijinhos

P_string, querido Amigo vivas!!! :)
É isso mesmo! Oh se é!!!
Um beijinho grande com saudades aí pras margens do Tejo de Santarém!

Rocker, gostei mt do texto... revela "Know-how"... Só ñ concordo com a frase "A VIDA É AS FÉRIAS QUE A MORTE NOS QUER DAR"...
Acho mt redutora...
beijinhos

quinta-feira, abril 20, 2006 6:42:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Very nice site! » »

sábado, fevereiro 03, 2007 11:42:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. »

quarta-feira, março 14, 2007 11:06:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

  • Cenas de Sissi
  • Blue-Kite
  • A Pipoca Mais Doce
  • ATIPICO
  • Chuva,Frio,Calores...
  • Controversa Maresia
  • Espero bem que não-Alvim
  • Navegante da Rua
  • Noite Estrelada
  • No Reino de Carlota Joaquina
  • Palavras Soltas (da Joaninha)
  • Papoila
  • Prova Oral
  • A vida da Silver dava um Blog
  • Barbos e Bordalos
  • Cruxices
  • Da varanda do D'Artagnan
  • El Coruchero
  • Espaço Clean (Peter Danny)
  • Estórias do Fogareiro
  • Lurainbow
  • Matilha (querida)
  • Passado,Presente e Futuro
  • Ao Sul
  • Blogging After Dark
  • Blogo-Terapia da Rita
  • Bubblebath
  • Churrascos & Comentários
  • H2O
  • Isto Vai de Mal a Pior
  • Pandora's Box
  • Seamoon
  • Straight from Xana's Heart